96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
3 semanas atrás - 26/08/2021

Bombeiros e Polícia Civil continuam na busca pelo corpo do jovem decapitado, em Sinop

FOTO: Drielkson Ribeiro
FOTO: Drielkson Ribeiro

Os bombeiros juntamente com a Polícia Civil retornaram na manhã desta quinta-feira (26), as buscas pelo corpo de Flávio Marques Ferreira, de 20 anos, vítima de assassinato, onde teve a cabeça decapitada. 


As equipes fizeram as buscas em uma área de mata próximo ao Residencial Iguatemi, em Sinop. A guarnição composta por três militares e o cão farejador, Luke estão no local. De acordo com as diligências da civil novas informações são de que o corpo da vítima pode estar no local.


Conforme já haviamos noticiado, no início da semana o delegado da Polícia Civil, responsável pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, Bráulio Junqueira, preferiu coletar mais depoimentos para que só depois as equipes pudessem retomar as buscas pelo corpo de Flávio.


"O pessoal fez buscas ontem [segunda] na parte da tarde e hoje foi com o apoio dos bombeiros e o cão farejador. Depois das buscas de hoje [terça], não adianta ficar procurando de forma aleatória. Agora vamos partir para ouvir as pessoas que eram ligadas a vítimas. Só então traçar um novo caminho para ver se conseguimos localizar esse corpo", explicou.


Lembrando que o jovem estava desaparecido desde a sexta-feira (20). Porém, na noite de domingo (22), o pai dele procurou a delegacia em Sinop, relatando ter recebido um vídeo onde aparece o filho morto com a cabeça decapitada, e também as mãos e dos pés amarrados. Entretanto, ainda não se sabe onde seria esse local do vídeo em que o corpo de Flávio aparece. Nas imagens mostra ser uma região de mata.


Já no sábado (21), a moto da vítima foi encontrada abandonada em um córrego que fica entre o Jardim Caribe e a avenida André Maggi, em Sinop. A chave e o capacete também foram encontrados no local. Buscas pelo corpo foram feitas no local, mas nada foi encontrado.


Nas imagens do vídeo que mostram o corpo da vítima decapitada, ainda é possível ver que antes da morte ele teve os pés e as mãos amarradas. 

FONTE: Lívia Kriukas / Redação Meridional Notícias