96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
2 semanas atrás - 02/05/2022

Descubra como estimular e desenvolver a cognição dos filhos

FOTO: Divulgação
FOTO: Divulgação

Ajudar a ser uma cognição, tomar decisões humanas, aprender a lidar com “crescer” não é uma tarefa simples, mas é uma tarefa que pode ser desenvolvida e uma tarefa dos pais. O hipnoterapeuta e pai, Pyong Lee, começou a estudar sobre a criação dos filhos ainda durante a gestação do seu primeiro e único filho, o Jake Lee, que agora tem 2 anos e 2 meses.


Pyong explicou que diversas atividades estimulam o desenvolvimento do cérebro da criança, entre elas, o ensino de uma língua estrangeira.


Aprender uma língua estrangeira, mas não com origem ocidental, mas sim asiática. As maiores médias de QI dos seis países do planeta são asiáticos, justamente pela língua e pela cultura. O cérebro se forma diferente, com uma lógica de forma também diferente. Então, a importância de desenvolver o meu filho com novas línguas e principalmente na nossa cultura asiática/coreana vai desenvolver um desenvolvimento mais evoluído, competente.


Pyong explica que “ a criação de filhos é um tema muito importante na minha vida quando eu descobri que eu ia ser pai”. A partir da mente, o universo que já está humano está estudando ainda mais a área humana, o universo já dominava, a primeira infância, os comportamentos, traumas e tudo que eu já abordava dentro da mente e dos hipnos e”, trabalhar.


O especialista falou sobre a importância do desenvolvimento da inteligência motora.


A gente sabe que existem inteligências inteligentes, mas inteligência motora é algo que eu sempre prezei. Eu danço desde os meus 10 anos de idade e a dança foi um elemento muito importante e fundamental na minha vida, que é possível praticar diversos esportes como futebol, basquete, vôlei, handebol e todos eles com muita habilidade e praticidade decorrido a motora que veio da dança ”, relembrou.


Lee também disse que quando se fala em criação de filhos e como habilidades essenciais nos dias de hoje, não podemos deixar de citar uma inteligência socioemocional.


Isso envolve uma solução de problemas, resolução de problemas, foco. Além de como lidar com o dia a dia, com as emoções, com sentimentos e criar crianças fortes que saibam lidar com as aflições e problemas do mundo ”, pontuou.


Nos tratamentos que se realizam através da hipnoterapia, o profissional falou sobre como, desde a gestação, é possível que a criança seja considerada por fatores e eventos externos.


Trato vários tipos de transtornos e doenças psicossomáticas atualmente. Entre elas: depressão, ansiedade, fobias. Eu descobri na terapia que os primeiros problemas traumáticos e origem dos atuais na vida adulta vem da primeira e da infância. Principalmente, na primeira infância, geralmente com problemas com relacionamentos, pai, mãe, bullying e reflexos da criação de filho e de problemas da primeira infância, que repercutem na vida adulta, infância com 25, 30, 35 anos.


Segundo Lee, muitas pessoas imaginam que os problemas são decorrentes de alguma situação, como um não trabalho, uma separação, o estresse de termo ou qualquer outra coisa, o que nem sempre é verdade. Estão sendo acumuladas emoções, problemas e traumas, até que uma hora isso transborda e o problema explode.”


A partir disso, Pyong decidiu falar sobre a importância de criar um filho saudável, com inteligência socioemocional, como a inteligência de qualidades e de estudo, assim Jake vem dedicando com seu filho tempo pequeno, dedicado com seu filho.


O Jake passou por essas fases de gostar de cada área e agora ele está amando muito o sistema solar, decorou todos os planetas, como sequências dos planetas, como características deles… Tudo isso é estímulo. Eu deixo o Jake ser criança, é óbvio. Ele vivencia as etapas. E na prática ele vai viver e a gente vai direcionando. É o estímulo e as crenças que você instala na cabeça dele que vai formar o adolescente/adulto do futuro ”, finalizou.


O um dos métodosyong Lee está sendo estudado pelo Prólogo Científico da Logos University, UniLogos de Agreu Análise profissional orientada pelo PhD Dr.

FONTE: MF Press Global