96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
2 semanas atrás - 05/05/2022

Estudo revela como Aprendizagem Baseada em Projetos e Neuropsicopedagogia podem caminhar juntas na aprendizagem

FOTO: Divulgação
FOTO: Divulgação

Um estudo realizado pela mestre em educação e diretora pedagógica da Escola Teia Multicultural, Georgya Correa, é que está em análise na Logos University International (UniLogos), revelou a relação complementar entre a Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP), que visa a interdisciplinaridade e os conhecimentos da Neuropsicopedagogia como forma de possibilitar ao educando uma aprendizagem efetiva, significativa e prazerosa, integrando os aspectos cognitivo e criativo, afetivo e motor, resultando em uma educação integral.


De acordo com a autora, para a realização do estudo foi utilizado ponto de partida os pensadores da educação como Piaget, Vigotsky e Wallon e os mais recentes estudos que apontam a ABP como uma possibilidade de uma aprendizagem significativa.


Nessa abordagem o estudante é coautor do seu processo de aquisição de conhecimento, em união aos estudos realizados pela Neuropsicopedagogia, onde é possível uma compreensão mais profunda e científica sobre o desenvolvimento cognitivo do ser humano”, diz trecho do estudo.


Durante o estudo foi utilizada como referência a aprendizagem escolar realizada por projetos da perspectiva da Teia Multicultural, uma escola inovadora e de educação integral, que coloca em prática a maioria dos conceitos estudados durante a pesquisa.


Conforme Georgya, “vemos na prática da ABP os conceitos apresentados nos estudos da Neuropsicopedagogia estão sistematizados, bastando apenas que sejam reconhecidos à luz dela ou da Ciência Cognitiva pelos educadores responsáveis pela condução do processo de ensino aprendizagem”.


A partir dos estudos realizados, a mestre em educação concluiu que “é positiva a parceria entre a proposta da Aprendizagem Baseada em Projetos, com suas características práticas e sua forma de sistematização com a aplicação dos conhecimentos teóricos científicos abordados pela Neurociência Cognitiva ou a Neuropsicopedagogia, para resultar em uma aprendizagem integral, que tem o olhar para o aprendente em todos os seus aspectos – cognitivo, afetivo e motor, tornando-a mais efetiva, significativa, interessante e motivadora para o aluno”, finalizou.

FONTE: MF Press Global