96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
2 semanas atrás - 13/01/2022

Pedindo correção da pensão de Gugu Liberato, Rose Miriam quer R$ 350 mil

Foto: Instagram
Foto: Instagram

Rose Miriam di Matteo, ex-companheira e a mãe dos filhos de Gugu Liberato, que morreu em 2019 após sofrer um acidente doméstico em sua casa nos Estados Unidos, entrou novamente na Justiça para cobrar correção de valores da pensão que ela recebe do espólio do saudoso apresentador.


Segundo informações da coluna Em Off, a médica recebe mensalmente o valor de US$ 10 mil, cerca de R$ 55.689. O advogado dela afirma que os valores não são pagos de forma correta. No texto, o advogado de Rose afirma que “o Espólio, entre fevereiro de 2020 e outubro de 2021, não tem adimplido de forma correta com os valores que devem ser destinados à Rose Miriam”, sempre pagando valores menores.


“Até a presente data, o espólio deixou de pagar US$ 55.993,74. Deste valor indicado, tem-se que a quantia de US$ 42.526,51 corresponde às diferenças originárias calculadas em dólar, mais a sua devida atualização, correspondente aos adicionais no importe de US$ 13.467,23. Tal valor, somado aos honorários advocatícios da presente execução – outros US$ 5.599,37 – totaliza o montante de US$ 61.593,11”, diz o texto enviado ao veículo.


Em reais, o valor pedido por Rose Miriam di Matteo equivale a cerca de R$ 350 mil. Tracando uma briga na Justiça para o reconhecimento de união estável, Rose foi companheira de Gugu por 19 anos. Com ele, teve três filhos, mas nunca foi casada oficialmente, com isso, não é considerada herdeira do espólio de R$ 1 bilhão deixado pelo comunicador.

FONTE: Isto é