96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 mês atrás - 24/08/2021

Bombeiros encerram buscas pelo corpo do jovem decapitado e aguardam novo direcionamento da Polícia Civil

FOTO: Arquivo/Assessoria
FOTO: Arquivo/Assessoria

Sem sucesso nas buscas pelo corpo do jovem, Flávio Marques Ferreira, de 20 anos, possivelmente assassinado no último final de semana, os bombeiros de Sinop, encerraram as buscas por hoje (24). Munidos com as informações da Polícia Civil, os três militares juntamente com o cão farejador, Luke, iniciaram as buscas logo cedo, mas por volta do 12h, concluíram as atividades.


"Percorremos aquela região de mata as margens do rio, onde foi encontrada a motocicleta. Foram cerca de 4km de busca, não percebemos nada e nem mudança de comportamento do cão. Também fomos até um outro local de interesse da polícia, que ele tenha sido visto.Porém, devido o horário e ao clima muito quente, paramos para o cão se recuperar. ", contou Soldado BM, Lima.  


De acordo com o delegado da Polícia Civil, responsável pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, Bráulio Junqueira, é preciso coletar mais depoimentos para que possa retomar as buscas pelo corpo de Flávio.


"O pessoal fez buscas ontem na parte da tarde e hoje foi com o apoio dos bombeiros e o cão farejador. Depois das buscas de hoje, não adianta ficar procurando de forma aleatória. Agora vamos partir para ouvir as pessoas que eram ligadas a vítimas. Só então traçar um novo caminho para ver se conseguimos localizar esse corpo", explicou o delegado. 


Conforme já notíciamos, o jovem estava desaparecido desde a última sexta-feira (20). Porém, na noite de domingo (22), o pai dele procurou a delegacia em Sinop, relatando ter recebido um vídeo onde aparece o filho morto com a cabeça decapitada, e também as mãos e dos pés amarrados. Entretanto, ainda não se sabe onde seria esse local do vídeo em que o corpo de Flávio aparece. Nas imagens mostra ser uma região de mata.


Lembrando que no sábado (21), a moto da vítima foi encontrada abandonada em um córrego que fica entre o Jardim Caribe e a avenida André Maggi, em Sinop. A chave e o capacete também foram encontrados no local.


No boletim de ocorrências, o  pai relatou que estava a procura do filho, até receber o vídeo dele decapitado. Ainda segundo ele, as imagens já estariam circulando em diversos grupos nas redes sociais. Mas ele recebeu de um colega de trabalho da vítima. Ainda conforme consta no boletim, o pai também menciona que suspeita de duas pessoas que possam ter cometido esse crime cruel. 

FONTE: Lívia Kriukas / Redação Meridional Notícias