96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
2 meses atrás - 08/06/2022

Em oito meses de serviços prestados, filial do Hospital de Amor de Barretos em Sinop chega a 11 mil procedimentos

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Atuando na regiões Norte e Médio-Norte de Mato Grosso desde outubro de 2021, em apenas 8 meses, o Instituto de Prevenção do Câncer do Norte de Mato Grosso, que é um braço do Hospital de Amor de Barretos em Sinop chega a 11.602 procedimentos, entre os serviços realizados neste período estão, mamografias, Papanicoloau, ultrassonografias, biópsias, colposcopias e Cirurgias de Alta Frequência (CAF). Os exames foram feitos dentro das unidades móveis (Caminhões de Amor) que percorreram 42 municípios, e também na unidade fixa que fica em Sinop.


A presidente da Associação, Dra. Anna Letícia Yanai, comemora o resultado, e diz isso é só o começo de um trabalho de prevenção que será feito a longo prazo. “A prevenção é o alicerce desta instituição, nosso objetivo é, que daqui a alguns anos, nossas mulheres não precisem mais passar por cirurgias mutilantes e nem tratamentos agressivos como a quimioterapia e a radioterapia”, afirma a médica.


Ela ainda explica que, desde 2018 a Associação dos Voluntários do Norte de Mato Grosso – AVIP, vem arrecadando fundos para que tudo isso virasse realidade. “A região norte e médio norte contam hoje 2 unidades móveis e uma unidade fixa que funciona provisoriamente. Agora nosso foco é concluir nossa unidade fica que fica na região do aeroporto onde conseguiremos atender um número maior de mulheres com mais qualidade e espaço físico adequado” destaca.


Uma das beneficiadas pelo atendimento foi a dona de casa Sandra Aparecida de Oliveira, que mora na cidade de Colíder, e que estava na fila de espera para fazer mamografia há 4 anos. “Eu estava esperando desde 2019 para fazer meu exame preventivo, com a vinda do Instituto de Prevenção, fiz em questão de dias, além da rapidez, somos muito bem atendidas, recebemos um tratamento incrível por aqui, só tenho a agradecer”, cita Sandra.


De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), se os exames e a detecção da doença forem realizados desde o início, a prevenção pode aumentar as chances de cura do câncer em até 90%.


A Mastologista do Instituto de Prevenção do Câncer, Dra. Rafaela Pinheiro de Oliveira, acrescenta a importância do tratamento preventivo e aconselha mulheres não terem medo de fazer os exames regularmente.


“É comum as mulheres ficarem com medo de fazer os exames por temerem o diagnóstico, mas é fundamental para a cura a detecção precoce. Mulheres a partir dos 40 anos ou que possuam histórico familiar de parentes com câncer, devem realizar o exame preventivo anualmente, as chances de cura são maiores quando a doença é detectada no estágio inicial”, reitera a mastologista.


Enquanto a obra da unidade fixa não está finalizada, o Instituto funciona em sede provisória, localizado no centro de Sinop, na rua das Magnólias, 153, Setor Comercial, e atende mulheres que necessitam de exames preventivos, complementares e de alta complexidade.

FONTE: Assessoria