96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 semana atrás - 16/07/2021

Meridional FM: após cobranças ao vivo, secretaria de saúde substitui equipe de saúde da UBS Sebastião de Matos II

Assessoria
Assessoria

O descaso na saúde pública em Sinop, por parte dos servidores das Unidades Básicas de Saúde (UBS), de vários bairros na cidade, está cada vez maior. Nos programas Meridional Notícias e principalmente no Variedades e Fatos, da rádio Meridional FM, estamos recebendo constantemente inúmeras denúncias de falta de compromisso e de péssimo atendimento.  


Em um vídeo postado nas redes sociais, pela moradora Maria José, ela narra e mostra a realidade da UBS Sebastião de Matos II, onde os profissionais falam para ela que não está tendo atendimento, devido estar sem equipe, mas existem vários veículos no estacionamento de funcionários do posto.


Porém, nas imagens o que mais chama a atenção é quando Maria vai mostrando a estrutura da UBS, até que entra em dois consultórios médicos, onde em um havia uma médica deitada na maca, mexendo no celular e a outra sentada em outro consultório também sem atender nenhum paciente, apenas mexendo no celular.


Diante dos fatos, o secretário de saúde de Sinop, se posicionou sobre o ocorrido.


Quando recebi o vídeo, já entrei em contato com o Dr. Ricardo que é presidente do instituto lá de São Paulo. Deixar claro que essa unidade é terceirizada, que isso não justifica porque todos as unidades os profissionais recebem para trabalhar as oito horas e não como estão ali no vídeo. Já solicitei para ele medidas imediatas, dentro desta semana pedi o desligamento dessa equipe que foi flagrada. Não compactuamos com isso”, explicou.  


Já o prefeito Roberto Dorner, também se pronunciou dizendo que “Cada um tem que cuidar dos seus compromissos. Peço sempre que atenda bem a população. Vejo um áudio e uma imagem de uma médica levantando assustada outra pessoa me falando que não tem gente para atender. Pelo amor de Deus temos que cuidar do nosso povo, fomos eleitos para cuidar do nosso povo. Ninguém procura o posto de saúde por brincadeira, procura porque está precisando. Eu preciso que vocês ajudem a nossa cidade, o nosso povo. Eu não posso aceitar isso e já pedi que seja tomada uma providência”, concluiu.


Nossa equipe de jornalismo esteve hoje no local para verificar se o poder executivo, teria realmente afastado esses profissionais. Por lá, nos confirmaram que tem uma outra equipe atendendo a unidade. Ainda de acordo com informações repassada, médicos, enfermeiros e técnicos da unidade foram substituídos. Só permanece na UBS Sebastião de Matos II, a mesma equipe que já trabalhava na recepção e limpeza.


Vale lembrar que mesmo o poder executivo, confirmando que falta profissionais de saúde na rede pública e que existem muitos servidores não atendendo a população da forma correta, o prefeito Roberto Dorner, ainda permanece sem homologar o concurso público que tem cerca de 28 vagas na área de saúde.

FONTE: Redação Meridional Notícias