96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
4 meses atrás - 26/05/2020

Dilsinho anuncia nova live e monta setlist com ajuda dos fãs

Foto: Rodolfo Magalhães
Foto: Rodolfo Magalhães

Depois do sucesso da “Live in House”, Dilsinho anunciou nova live e monta setlist com ajuda dos fãs. Assim, o show online “Sol, (a)Mar e Lua” acontece no dia 30 de maio, a partir das 16h, em seu canal oficial no YouTube.


Como o show virtual tem início à tarde e se estende pela noite, Dilsinho batizou como “Sol, (a)Mar e Lua”, como forma de agradecimento aos astros, ao mar e ao amor. Eventualmente, o cantor busca as participações dos fãs em seus projetos. Dessa vez não foi diferente: são eles que irão escolher o repertório.


“Pedi ajuda aos meus fãs para montarem o setlist comigo. Lancei um desafio para eles me enviarem músicas que tenham os temas que me inspiram e dão nome a live: Sol, Mar, Amar e Lua” conta Dilsinho.


No início da transmissão, ainda com os raios de sol, ele vai cantar músicas que tenham a palavra sol ou falem sobre ele. Em seguida, ao cair da noite começam as canções que falam da lua, do luar, da noite. Intercaladas a esses momentos, músicas com os temas mar e amar também entram no repertório.


“O romantismo faz parte do meu som e, unindo a ele, resolvi cantar sobre o sol, a lua e o mar. Acredito que essa vibe tem tudo pra dar certo. Vai ser mais uma live incrível”, afirma o cantor que tem dedicado algumas horas às lições de espanhol e visa a carreira internacional.


O show virtual do cantor tem, acima de tudo, o intuito solidário, assim como no anterior. A “Live in House” teve números impressionantes entre arrecadações e visualizações. O projeto ‘Mães da Favela’ recebeu R$100 mil reais para o fundo solidário da COVID-19. A Casa Ronald McDonald, do Rio de Janeiro, que cuida de crianças e adolescente com câncer, também recebeu doação em espécie.


Além disso, toneladas de alimentos foram distribuídas em diversas cidades do país e máscaras de proteção para instituições que estão na linha de frente da batalha contra a COVID-19. Tudo isso só foi possível graças as 4 milhões de pessoas que curtiram, cantaram e doaram durante as mais de 3 horas de show.

FONTE: Portal Pop Line