96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
2 semanas atrás - 30/03/2021

Separação da dupla Gian e Giovani teve briga, socos e agressões

FOTO: INSTAGRAM
FOTO: INSTAGRAM

Atrações do programa Altas Horas do último sábado, a dupla sertaneja Gian e Giovani concedeu entrevista ao jornalista Serginho Groisman falando sobre suas carreiras, e que tiveram uma pausa há 7 anos por causa de briga que acabou em socos e ofensas. A participação trouxe à tona o motivo do fim da dupla sertaneja. Na época da separação, Giovani veio à público esclarecer e alegou que havia sido agredido pelo irmão. “O fim da dupla se deu porque Gian, em julho, entrou no ônibus louco, me empurrou e deu três socos na minha garganta, me jogou no chão, me deu chute nas partes baixas e muito soco na barriga. A banda toda via. Todos ficaram revoltados” contou na época. “Ele me agrediu porque não queria me pagar um dinheiro que precisava me pagar. Eu até perdoaria a dívida. Era só ele ter conversado comigo que não tinha condições de pagar, que estaria tudo bem. Fui muito bom para ele toda a minha vida.” Na época, Gian alegou que a agressão teria sido uma reação ao comportamento do irmão: “Quando eu cheguei, tentei subir no ônibus...Nesse momento, ele ficou na minha frente, impedindo a minha entrada. Na segunda vez que eu tentei entrar, eu esbarrei nele para passar, e ele virou com o cotovelo para trás, como se fosse me dar um ‘safanão’. Foi uma reação imediata, uma ação e reação. Aí eu dei um nele também... Ele teve uma reação agressiva, e eu respondi com outra agressiva também”, disparou. Quatro anos após a briga, Gian e Giovani resolveram se perdoar e reataram a parceria da dupla, que perdura até hoje.