96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 semana atrás - 30/07/2022

SINOP: Mari Bueno cria mosaico com mais de 40 metros

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

O santuário Nossa Senhora de La Salete, localizado em Barra de Santa Salete, receberá uma nova capela com artes ilustradas por meio de mosaico. O projeto criado pela artista sacra, Mari Bueno, visa envolver a estrutura com mais de 40 metros de mosaico, com peças esculpidas a partir de pedras, pastilhas e cerâmicas.


“O santuário por si só é um lugar lindo, mas fico feliz em ter recebido o convite do padre Avelino Oestreich. A minha tia Vanda Rocha morava nesta região e sua filha, Dra. Marli Rocha foi uma das idealizadoras deste santuário, então este lugar faz parte da minha infância. Lembro de participar das missas, e de toda a natureza linda dessa província. Ser convidada hoje para realizar a arte sacra na nova capela é uma benção e uma ligação muito grande com minha família paterna que sempre teve muito amor e dedicação pela igreja Católica”, afirmou.


A artista pontuou ainda que o processo de construção da obra é demorado, pois cada detalhe do projeto precisa ser aprovado pela comunidade antes de ser elaborado de forma manual. “Conhecemos um pouco da história da comunidade e criamos um projeto iconográfico, porque o nosso objetivo é a catequização e conexão com a alma dos visitantes. Queremos que esses mosaicos ajudem a comunidade nos momentos de oração”, explicou.



O processo de construção do mosaico durou mais de um ano, já a montagem deve ser finalizada neste domingo (31). Para acelerar o projeto, Mari Bueno conta com 8 assistentes. “Nós montamos uma tela com o tamanho real de cada desenho, construímos o mosaico a partir dela e depois cortamos as peças em pedaços, em torno de 50 cm cada. As peças foram numeradas e transportadas por camionete até a província. Agora, estamos unindo o desenho novamente, direto nas paredes do santuário e fixando com argamassa”, concluiu.


Esta capela é a primeira obra da artista realizada no Paraná. Mari tem projetos desenvolvidos em outros estados do Brasil, como: Tocantins, Maranhão, Bahia e Rondônia.

Mari Bueno



Artista sacra e muralista, paranaense que reside em Sinop, MT, desde 1979. Realizou exposições e recebeu 26 premiações no Brasil e em outros países, entre eles, Itália, França, Alemanha, Suíça, Inglaterra, EUA, Portugal e Egito. No Museu do Louvre em Paris, na França, participou de três exposições, ganhando menção honrosa por suas obras.


Em 2012 foi convidada pelo Museu de Chianciano, na Itália, única brasileira entre 140 artistas de 40 países. No mesmo ano também fez parte de duas Bienais na Europa, a Bienal de Londres, onde ganhou menção especial por sua participação, e a Bienal de Chianciano na Itália. Em 2014, levou 49 obras sacras para o Museu de Arte Sacra e Etnologia no Santuário de Fátima em Portugal e em seguida esta mesma exposição foi apresentada no Museu Tesouro da Misericórdia na cidade de Viseu, Portugal. E em 2015 na Basílica de Santo Ambrósio em Milão.


Pós-graduada em Arte Sacra, Espaço Litúrgico Celebrativo e Mariologia. É membro da Pastoral do Artista Sacro da CNBB e associada da Academia Marial de Aparecida. Estudou na Itália técnicas de mosaico, pintura, desenho e iconografia. Em 2019 foi convidada pelo Santuário Nacional de Aparecida para criar a arte do XIII Congresso Mariológico e realizou neste evento uma exposição com 12 obras marianas. Em setembro de 2019 realizou a exposição individual “Amazônia” na Sala Stampa do Vaticano em Roma durante o Sínodo da Amazônia.


Sua obra com o título “Maria às pressas” foi entregue ao Papa Francisco em abril de 2022. Artista sacra reconhecida no Brasil e no exterior, projetou e executou mais de 3000 m² de arte sacra em Igrejas e capelas em várias regiões do país, entre elas a Catedral de Sinop.

FONTE: Assessoria