96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
3 semanas atrás - 28/05/2024

Apoio do Governo de MT a produtores favorece crescimento da produção de café no Estado, aponta Conab

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT
Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

As ações do Governo de Mato Grosso de incentivo à cafeicultura foram apontadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) como um dos motivos para o crescimento do plantio do grão no Estado.


Segundo dados da Conab, divulgados no Boletim da Safra de Café publicado neste mês de maio, a estimativa é alcançar um volume de 270,8 mil sacas colhidas na safra de 2024, o que representa um crescimento de 4% em relação ao ciclo passado e de 123% em comparação com 2019, quando o Governo do Estado lançou o programa MT Produtivo Café para apoiar a produção da cultura em Mato Grosso.


“Isso se deve, entre outras coisas, a adesão de áreas novas que agora entrarão em produção, assim como ao fornecimento gratuito de mudas, fertilizantes e kits de irrigação pelas autoridades estaduais e municipais, que, atrelados aos bons preços pagos pelo grão e à redução dos custos de produção, fomentam o cultivo do café”, aponta o documento da Conab.



Pesquisadores da Empaer, em parceria com a Embrapa Rondônia, buscam identificar os melhores clones para cultivo de café no Estado - Foto: Mayke Toscano/Secom-MT


Esse aumento resulta da expansão de 0,9% na área em produção e do aprimoramento no manejo, além do início da produção dos cafezais clonais.


Entre 2022 e 2023, o programa MT Produtivo, gerido pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf) e Empresa Mato-Grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), entregou 300 mil mudas de café clonal, que possui alta produtividade, em pouco espaço; 98 kits de irrigação, e 47,7 mil toneladas de calcário, impulsionando ainda mais o setor.


A Conab destaca ainda que o avanço na tecnologia utilizada, principalmente com o uso de materiais clonais mais produtivos, e a adoção de práticas de manejo sustentáveis têm sido fundamentais para o crescimento da produção. A eficiência no uso dos recursos e a melhoria no manejo refletem na destinação crescente de áreas para a cultura do café.


Além disso, pesquisadores da Empaer, em parceria com a Embrapa Rondônia, buscam identificar os melhores clones para cultivo de café no Estado, pelo projeto “Validação de clones de Coffea canephora para o Estado de Mato Grosso”.


Desde janeiro de 2021, estão sendo avaliados os desempenhos agronômico e sensorial de 50 genótipos de cafeeiros robustas amazônicos em duas unidades de pesquisa da Empaer, em Tangará da Serra e Sinop.


“Os investimentos que estamos fazendo com a entrega de mudas e kits de irrigação, assim como as pesquisas em desenvolvimento, são essenciais para ampliar a produção e a qualidade do nosso café. Estamos comprometidos em avançar no ranking nacional de produção ”, afirmou que o secretário estadual de Agricultura Familiar, Luluca Ribeiro.


Atualmente, Mato Grosso é o 9º maior produtor de café do Brasil.

FONTE: Assessoria