96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 mês atrás - 05/04/2022

Tecnoalta 2022 conta com mais de 100 expositores

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

A Tecnoalta 2022 será realizada de 18 a 22 de maio, das 9h às 18h, na Rodovia MT- 208, em frente a praça de pedágio em Alta Floresta MT. Neste ano, a feira pretende contar com cerca de 100 expositores, em uma área de mais de 170 mil metros quadrados de estandes e áreas de demonstração de cultivares de soja, milho, arroz e coberturas de solo.

Mauro Batista, responsável pelo Marketing do evento, explica que o principal objetivo é estimular o desenvolvimento do pensamento crítico de todos os envolvidos com o agronegócio e promover a criação de hábitos proativos no setor rural.

“A feira técnica conta com exposição de equipamentos e produtos para o agro, de última geração. É um evento de transferência de conhecimento através de palestras e apresentações voltadas ao agronegócio. Considerando a localização de Alta Floresta e seu potencial de polo comercial, o evento se fortalece como vitrine principal de tecnologia para o agronegócio, pois está na porta de uma região com alto poder de compra”, explicou.

Além das exposições, a Tecnoalta definiu algumas palestras voltadas para economia, política e mercado agropecuário. Embora a feira não se paute em atrativos artísticos, terá também, a participação da dupla de humoristas Tchó e Béppi, do Jornal Colonial que atualmente é distribuído para 30 emissoras de rádio de MT.

“O Tchó e Béppi tem a representação dos colonos e esse é o nosso alvo principal. Queremos levar o pequeno, médio e grande produtor para o nosso evento. Então como eles tem essa facilidade de juntar as duas partes, tanto o colono com a linguagem mais técnica, achamos interessante fazer essa parceria”, salientou.

O evento é focado no público do agronegócio, mas é aberto para todos que desejam conhecer mais sobre a produção agrícola e pecuária. Para os organizadores, tão importante quanto a quantidade de pessoas é a qualidade do que cada visitante vai ver e de que forma a Tecnoalta contribui com a evolução.

“Hoje, em Alta Floresta temos mais de 1 milhão de hectares aptos ao cultivo de soja, milho e a produção animal. Uma terra que ainda não tem todo o seu potencial explorado. Na última edição da feira (em 2019), 92% dos visitantes fecharam negócios”, pontuou.

FONTE: Assessoria