96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
3 semanas atrás - 22/04/2022

Governo já investiu R$ 3,5 milhões na reforma e ampliação do Hospital Regional de Sinop

 Foto por: Mayke Toscano/Secom-MT
Foto por: Mayke Toscano/Secom-MT

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), já investiu R$ 3,5 milhões na obra de reforma e ampliação do Hospital Regional de Sinop. No total, cerca de 75% da estrutura hospitalar, que compreende a primeira e segunda etapa, já foi modernizada.


“Estamos trabalhando desde o início da gestão para entregarmos hospitais com o nível de qualidade que a população merece. Esta é só uma das dezenas de obras que estão em andamento na Saúde. Nosso objetivo é modernizar as unidades, consequentemente, promover um atendimento ágil e eficiente aos usuários do SUS”, destaca a secretária estadual de Saúde, Kelluby de Oliveira.


Na primeira e segunda fase da obra, foram realizados reparos, adequações e modernização da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), melhorias estruturais no ambulatório e no setor da oncologia do hospital. Neste momento, a obra avança pela UTI adulto superior e no centro cirúrgico.


Está previsto ainda um investimento de R$ 2 milhões para que as melhorias prossigam pelas enfermarias, área administrativa e cozinha da unidade de saúde, totalizando um aporte financeiro de R$5,5 milhões na reforma e ampliação do hospital.  


A previsão da SES é concluir o cronograma da obra em novembro de 2022. A continuidade da obra não interfere no atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que continuam sendo atendidos no local e, sempre que necessário, podem ser realocados dentro da própria unidade hospitalar.


O hospital é referência para 14 municípios da região norte do Estado, que soma uma população estimada de 455.449 habitantes, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A unidade atende as especialidades de ortopedia, cirurgia geral, neurocirurgia, neurologia, nefrologia, vascular e clínico geral.


Continuam ativos 57 leitos de enfermaria, 5 leitos de urgência e emergência e 10 leitos de UTI para o atendimento geral. Para atender exclusivamente pacientes com Covid-19 da região, a unidade de saúde dispõe de outros 10 leitos clínicos e 10 leitos de UTI.

FONTE: Assessoria