96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 mês atrás - 25/12/2021

Viúva de Paulinho, do Roupa Nova, faz bico como ambulante para viver

Foto: Facebook
Foto: Facebook

Elaine Soares Bastos, viúva de Paulinho, do Roupa Nova, que morreu em dezembro de 2020 após complicações da Covid-19, está passando por dificuldades financeiras. Desempregada, a psicóloga - que também é formada em direito - precisou pedir ajuda a uma amiga, que tem uma banca que vende utensílios de acrílico no comércio popular da Saara, no Centro do Rio, para conseguir uma renda extra. Elaine, de 39 anos, trava uma disputa na Justiça com os dois filhos do cantor, Twigg de Souza Santos e Pedro Paulo Castor dos Santos, a fim de ter reconhecida a união estável com Paulinho e ser incluída na divisão da herança.


"Pedi trabalho a uma amiga. Liguei para ela e perguntei se podia trabalhar. Antes ela tinha um quiosque no Centro do Rio, mas, com a pandemia, perdeu e agora está com uma banca na calçada, onde bate sol o tempo todo. Não posso cuspir no prato que comi, porque ela foi muito legal comigo. Poderia ter dito que não, mas dividiu comissão comigo. Trabalhei de segunda passada até ontem. Hoje tirei o dia para descansar porque para ganhar 10 reais para ficar o dia inteiro em pé não compensa", contou a Quem nesta quinta-feira (22).


Apesar de estar em depressão, Elaine pediu ajuda à amiga por estar precisando de dinheiro para os gastos do dia a dia. "Como estava chegando a semana do Natal e estou no processo de esperar o inventário e o formal de partilha - já que só a partir deles poderei seguir a minha vida, independentemente de estar trabalhando ou não - entrei em contato com minha amiga porque sabia que ela tinha essa loja para ver se ela me dava uma força nos 15 dias que antecediam o Natal. Para eu arrumar um dinheiro qualquer. Porque estou sem dinheiro", explicou.

FONTE: Quem