96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 semana atrás - 10/05/2022

Confirmado caso de raiva transmitido por morcego em Lucas do Rio Verde e secretaria faz alerta

FOTO: Divulgação
FOTO: Divulgação

O caso de raiva em um morcego encontrado, em uma residência no bairro Pioneiro, em Lucas do Rio Verde, foi informado hoje com a constatação feita pela secretaria municipal de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, emitiu um alerta epidemiológico.


A análise do exame foi feita pelo Laboratório de Apoio à Saúde Animal, do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT), relatada para a rede estadual de saúde e entidades de saúde animal.


Morcegos são animais com hábitos noturnos, entretanto. Neste caso no bairro Pioneiro, foi encontrado durante o dia, tentando morder um animal doméstico. Outro morcego encontrado morto foi enviado para análise laboratorial. “A raiva humana é uma das infecções mais antigas e temidas, é transmitida ao homem quando a saliva do animal infectado entra em contato com a pele lesionada ou mucosa, por meio de mordida, arranhão ou lambedura do animal. 


Orientamos que, em caso de possível exposição ao vírus da raiva e/ou contato com o animal, deve-se lavar imediatamente o local com água e sabão e procurar uma unidade de saúde para atendimento, se necessário, aplicação de vacina ou soro antirrábico”, explicou através da assessoria, a supervisora da Vigilância em Saúde, Claudia Engelmann.


Com a confirmação do caso, a secretaria alertou, esta tarde, sobre os cuidados que precisam ser tomados. Cães e gatos devem estar vacinados contra a raiva. Se algum morcego entrar em residência é recomendado não tocar no animal e a Vigilância Sanitária deve ser comunicada.


Em Lucas do Rio Verde, não havia registros de raiva em morcego, tendo sido diagnosticado apenas um caso positivo de raiva em bovino desde 2019.


Agora a UFMT Sinop está desenvolvendo projeto de pesquisa identificando a quantidade de morcegos e circulação de vírus no Estado.

FONTE: Só Notícias