96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
3 semanas atrás - 26/08/2021

“Sempre com você”, diz Zezé Di Camargo ao declarar apoio a Sérgio Reis

FOTO: Reprodução
FOTO: Reprodução

Em meio à polêmica que envolve o sertanejo Sérgio Reis nos últimos dias, Zezé Di Camargo, mesmo curtindo férias em Cancún, no México, com a mulher Graciele Lacerda e amigos, resolveu gravar um vídeo em solidariedade ao artista e publicar nas redes sociais, nessa quarta-feira (25).


Estou fora do Brasil, viajando a descanso, mas não poderia me omitir neste momento. Vou falar uma coisa aqui, mandar um recado para o meu amigo Sérgio Reis. Serjão, você não está sozinho. O Brasil está com você. O que estão fazendo com você é de uma crueldade sem tamanho. Acho que as pessoas não entenderam ainda que a vontade do povo prevalece”, disse Zezé.


O sertanejo continuou: “Você é um homem de bem, que conheço há muitos anos. E se realmente aconteceu isso com alguns artistas, de cancelarem a participação deles no seu DVD, me colocarei aqui à disposição. Quero participar e cantar uma música com você”, falou o cantor.


Ele ainda deixou um recado para os amigos sertanejos. “É hora da gente pegar o Serjão e colocar no pódio porque ele colocou muito de nós nele. Quando a música sertaneja precisava de apoio, quando era menosprezada, o Sérgio Reis sempre esteve conosco. Sergio, minha solidariedade a você, meu carinho a você. Quem é do bem, está ao seu lado. Meus amigos sertanejos, minha galera, vamos todos dar carinho a esse cara, que merece muito. Um ser humano acima da média”, ressaltou Zezé. “Serjão, sempre com você”, finalizou ele.


Cinco dos seis artistas que foram convidados para o novo álbum de Sérgio Reis cancelaram suas participações. São eles: Maria Rita, Zé Ramalho, Guilherme Arantes e Gutemberg Guarabyra (da dupla Sá e Guarabyra). Apenas Paula Fernandes declarou que continuaria.


Os cancelamentos foram em consequência da divulgação de um áudio em que o sertanejo convoca uma greve nacional de caminhoneiros contra os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), alvo constante do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de quem Reis é aliado. A promessa de paralisação dos caminhoneiros ganhou força nas redes sociais no domingo (15).

FONTE: Leo Dias