SINOP: sete servidores estaduais receberam auxílio emergencial indevidamente
96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 semana atrás - 29/06/2020

SINOP: sete servidores estaduais receberam auxílio emergencial indevidamente

A Controladoria Geral de Mato Grosso está notificando 730 agentes públicos do governo do estado que receberam indevidamente o auxílio emergencial para devolução dos valores. Entre os municípios identificados 691 são de Cuiabá, oito de Cacêres, sete de Sinop, seis de Rondonópolis, quatro de Alta Floresta. Outras cidades da nossa região como Sorriso, Matupá, Colíder, Marcelândia também tiveram servidores identificados. O secretário-adjunto de Controle Preventivo e Auditoria, José Alves Pereira, explica que o processo de investigação está ocorrendo por meio de cruzamento de dados.


"A boa-fé do servidor é algo que será considerado em eventual abertura de procedimento administrativo. Dessa forma, é recomendável que aquele que tenha recebido indevidamente o auxílio emergencial já adote, de forma antecipada, a devolução dos recursos".


Pela forma de operacão do benefício, é possível que os servidores não tenham solicitado o seu recebimento, mas tenham sido incluídos como beneficiários do auxílio emergencial de forma automática.


Há ainda a possibilidade de que o CPF tenha sido inserido como solicitante do auxílio de forma indevida por outra pessoa e não necessariamente pelo próprio servidor. Nessa hipótese, a situação ficará regularizada mediante a devolução dos valores recebidos. Támbém existe a possibilidade do servidor ser de baixa renda.

FONTE: Renan Schuster/ Meridional FM