96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 mês atrás - 10/01/2024

Inscrições abertas para curso gratuito de programação e novas mídias em Sinop

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

O Instituto São Paulo de Arte e Cultura (ISPAC), em parceria com a Prefeitura de Sinop (MT), apresenta o curso de Programação e Novas Mídias, oferecido pelo projeto Mentes Brilhantes, parte integrante do Plano Anual de Atividades do ISPAC. Com aulas 100% gratuitas, o curso visa a formação de profissionais para criação, desenvolvimento e implementação de aplicativos. Ao todo, serão 100 vagas destinadas a jovens entre 16 e 24 anos. As inscrições estarão abertas e seguem até 15 de fevereiro, pelo link: https://forms.gle/9qBWgWdrAAp3yEBv8.


A primeira turma do curso terá início em 15 de janeiro e as aulas serão ministradas pelo Núcleo Lavoro de Cultura Digital, localizado na Escola Municipal de Artes (EMA), em Sinop, Mato Grosso. As 100 vagas serão divididas em quatro turmas. Ao todo, a carga horária oferecida é de 196 horas.


“A diferença entre as habilidades que as pessoas aprendem e as realmente exigidas pelo mercado de trabalho é cada vez mais evidente. O domínio da linguagem de programação é peça fundamental para a ‘sociedade do amanhã’. A iniciativa Mentes Brilhantes oferece uma grande oportunidade para que a população de Sinop possa se preparar para este futuro”, comenta Marcia Gliosce, Diretora Executiva do ISPAC


“Receber o projeto em nosso município e firmar essa parceria já está sendo de grande importância para nossos jovens na sua formação e aprendizado. Esperamos ser este o primeiro de muitos que poderão vir pela Lei de Incentivo à Arte e Cultura,” acredita Professora Branca, Diretora de Cultura de Sinop.


A economia criativa de base digital é um segmento que tem aberto oportunidades e despertado o interesse de jovens em empreender ou ingressar em um campo profissional em expansão, com grande potencial de empregabilidade e geração de renda. O Mentes Brilhantes prevê a formação de jovens profissionais capazes de criar e desenhar soluções em dispositivos digitais, desde sua concepção, propósito e plano de negócio até o desenvolvimento de produtos digitais em diferentes plataformas, publicação em lojas de aplicativos e implementação e integração com diferentes provedores de serviços em nuvem.


As aulas acontecerão três vezes por semana, nos turnos da manhã, tarde e noite. As inscrições podem ser feitas por meio do formulário digital oficial. O processo seletivo terá como base o perfil socioeconômico dos interessados e buscará o equilíbrio entre as faixas etárias para distribuição dos selecionados nas turmas.


A iniciativa reflete a implementação de políticas públicas do Ministério da Cultura, por meio de recursos de renúncia fiscal de empresas do Grupo Lavoro, com base na Lei Federal de Incentivo à Cultura. O projeto está alinhado aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, Agenda 2030 da ONU, que vislumbra oferecer condições equânimes de participação promovendo o desenvolvimento comunitário.

FONTE: Assessoria