96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
2 semanas atrás - 13/07/2021

Após mulher ser violentamente agredida pelo marido, população organiza manifesto de repúdio

Divulgação
Divulgação


Em Sinop, uma manifestação está sendo organizada em combate à violência doméstica contra a mulher. A frente da ação está a Amaplis, que é a Associação de Apoio a Patrulha Maria da Penha e Lideranças Sociais.


A mobilização está prevista para ser realizada, no próximo sábado, dia 17, a partir das 16h, na Praça da Bíblia. O intuito dos participantes é reunir o maior número de pessoas que repudiam a forma cruel como Francinete Silva dos Santos, de 32 anos, foi brutalmente violentada na última sexta-feira, pelo esposo dela no bairro Montreal Park.


Em conversa com uma das mulheres da Amaplis, Marli Petry, ela reforça que diante de um assunto tão importante como esse, é preciso ser feito algo.


Chocada... a sensação é de que você não consegue ir além para ajudar uma pessoa como a Francinete. Eu como mulher, não sou vítima, nunca fui vítima de violência, mas a gente precisa fazer alguma coisa, um protesto, um manifesto e a associação acatou a ideia”, contou.


Conforme já noticiamos aqui no Meridional Notícias, ela teve vários golpes de marreta na região da cabeça, como também em outras partes do corpo, inconsciente ela chegou a ser socorrida e levada em estado gravíssimo onde permanece internada no Hospital Regional.


De acordo com a polícia, o agressor que é marido dela, já havia feito até a cova no fundo do quintal possivelmente com intenção de enterra-lá.


Até o momento o suspeito de 52 anos, está foragido. Ainda conforme os militares, no local havia duas crianças que presenciaram o crime. Sendo que uma delas tem deficiência mental. O Conselho Tutelar foi acionado e ficou responsável por elas.


 

FONTE: Lívia Kriukas / Redação Meridional Notícias