96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 semana atrás - 07/09/2021

Pesquisa da CDL revela desinformação da população sobre projeto da Ferrogrão

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

O assunto do momento em termos de logística e desenvolvimento para o Norte de Mato Grosso está centrado na Ferrogrão. Uma obra grandiosa e ao mesmo tempo complexa. Por anos a luta pela bandeira política foi a conclusão da BR-163, Cuiabá-Santarém consolidada em 2020, com a ligação de trechos pavimentados com mão de obra Militar, em território Paraense. O aumento na produção de grãos, produtividade e exportação de Mato Grosso, o corredor norte precisa urgentemente de um novo modal de transporte e a ferrovia se apresenta como grande alternativa viável economicamente.


Porém a desinformação impera em parte da população e empresários. A CDL solicitou junto ao Centro de Informações Socioeconomicas – CISE da Unemat, uma pesquisa de opinião para saber como tem chegado até as pessoas o tema “Ferrogrão” e de que forma elas apoiam este projeto. Os dados foram apurados neste mês de agosto. A abordagem aos empresários, teve 118 entrevistados. 38% afirmaram que conhecem o projeto. 14% não e 48% não souberam responder. Sobre o impacto da ferrovia para a economia da região, 36% afirmaram que será positivo. 2% que não trará benefícios e 62% não souberam responder.


Em relação ao apoio a idealização da obra, cerca de 42% são a favor e 58% não souberam responder. Já para os consumidores, foram ouvidas 200 pessoas, um nível de significância estatística de 90% e um erro amostral de 6.0%. Conhecimento do projeto, 36% disseram que tem informações. 7% disseram que não tem e 57% não souberam responder. Quanto ao impacto para a economia da região, 26% acreditam que será positiva. 7% que será negativo, 6% que não terá nenhum impacto e 61% não souberam responder. 30% se mostraram a favor, 9% são contra e 61% não souberam responder.


De acordo com o economista Feliciano Azuaga, o assunto tem maior repercussão no meio político e muitas vezes, não tem tanta penetração em outros segmentos. A população também não busca interação com o tema, o que acaba gerando essa falta de interesse nas informações”, explicou. O Ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, esteve em Sinop no mês passado dando sequência às articulações pela construção da Ferrogrão. Prefeitos do Nortão, Médio Norte, Sul do Pará, senadores, deputados federais, estaduais e dirigentes de entidades e o governador Mauro Mendes reforçaram a corrente, pela importante obra.

FONTE: Assessoria