96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
2 meses atrás - 08/06/2022

SINOP: escolas desenvolvem projeto para estimular a leitura e a produção textual dos alunos

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Visando incentivar e contribuir com o hábito da leitura, ampliar o vocabulário e trabalhar a diversidade de gêneros textuais e a interpretação contextualizada, escolas da rede municipal de ensino realizam o projeto de leitura nas escolas. Um desses exemplos é o projeto “Prazer Leitura”, desenvolvido pela Escola Municipal de Educação Básica (Emeb), Rodrigo Damasceno, que oferece um momento, onde toda a escola se dedica exclusivamente a leitura e/ou a ouvir histórias.


A secretária municipal de Educação, Esporte e Cultura, Sandra Donato, diz que a leitura permite que as crianças compreendam os problemas do mundo real e busquem formas de interagir, de solucioná-los. “Com o hábito da leitura, dá-se a articulação de propósitos do processo de ensino aprendizagem, bem como a transformação do aluno em protagonista do próprio aprendizado, além de trazer interação entre todos” pontuou.


A diretora da Emeb Rodrigo Damasceno, Bernadete Backes, ressalta que incentivar a leitura deve ser uma tarefa diária da escola e da família na vida das crianças. “A leitura abre um leque de conhecimentos e desperta o interesse e o envolvimento dos alunos em conhecer e explorar o mundo. A leitura possibilita o desenvolvimento social, cultural e cognitivo, expande o vocabulário, além de desenvolver competências, como a criatividade, escrita, fantasia, imaginação, interpretação textual, comunicação”, reforça a gestora.


 O projeto desenvolve a leitura com os alunos, professores, pais e demais profissionais da educação, ampliando o leque de conhecimentos, informações e saberes, além de incentivar que diferentes temas sejam trabalhados sobre a cultura brasileira e universal. As leituras despertam a criatividade, diminuem o estresse, desenvolvem a imaginação, trabalhem a memória, aprimorem o vocabulário e ajudem na produção de escrita, além de estimular a participação ativa no processo de ensino aprendizagem das crianças.


A leitura ocorre em sala de aula, e em diferentes ambientes escolares, como pátio, quadra, como também no seio familiar, aguçando a imaginação, a criatividade e a fantasia do mundo real e irreal. Os professores criam diferentes metodologias para esse momento da leitura. Durante o projeto é importante a socialização dos livros lidos pelas crianças, podendo explorar a exposição de painéis dos desenhos das crianças.


Em algumas escolas o projeto é realizado semanal ou quinzenal em dias alternativos, com a participação dos alunos, professores, escritores convidados e comunidade em geral. O projeto literário será desenvolvido até novembro deste ano.

FONTE: Assessoria