96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
2 semanas atrás - 07/09/2021

Casos registrados de EEB não representam risco para a cadeia de produção bovina, segundo a OIE

Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil
Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil

O Brasil mantém classificação de risco insignificante para a doença. A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) publicou, nesta segunda-feira (6), os informes de notificação imediata referentes aos dois casos atípicos de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), em frigoríficos de Minas Gerais e de Mato Grosso. Com isso, diante dos resultados obtidos, esses casos foram concluídos por não representarem risco para a cadeia de produção bovina do país.


Os informes foram apresentados pelo Serviço Veterinário Oficial do Brasil. Os casos ocorreram de forma independente e isolada e foram confirmados pelo laboratório de referência internacional da OIE, localizado no Canadá, na última sexta-feira (3).


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) reforça que o Brasil mantém sua classificação como país de risco insignificante para a doença, não justificando qualquer impacto no comércio de animais e seus produtos e subprodutos.

FONTE: Assessoria