96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 mês atrás - 27/01/2024

Rodriguinho, do 'BBB 24', tem bar e coleção de narguilés; um deles é exclusivo e custa R$ 40 mil

Reprodução Internet
Reprodução Internet

Uma das paixões de Rodriguinho são os seus narguilés. O brother que está no "BBB 24" disse em entrevistas antes de entrar na casa que é colecionador, tendo mais de 100 deles. O pagodeiro é tão fã que abriu um bar em São Paulo que promete serviço diferenciado e qualificado voltado para o mundo do narguilé.


"Virei colecionador, tenho mais de 100. Modéstia parte virei um entendedor, das marcas, das essências...", disse o cantor ao lado do filho Gaab e do irmão Mr. Dan ao canal Zomo Sessions, no YouTube. O filho e irmão de Rodriguinho dizem o quanto o cantor é apaixonado pelo objeto e faz todos a sua volta quererem fumar também. Rodriguinho revelou que comprou um modelo Meduse Craft Mirage, que chega a custar R$ 40 mil, e só ele tem no Brasil.


O pagodeiro viajou até a Rússia, que é referência no assunto, e visitou todos os bares que tem narguilé. O cantor estava em busca de conhecer os moldes do país para poder montar o seu próprio negócio no Brasil. A casa aberta pelo pagodeiro é descrita como secreto, privado, confortável e intimista. O bar só funciona com hora marcada ou alugado para eventos. Segundo informações do estabelecimento, ele é o único lounge no Brasil que disponibiliza 60 sabores de essências fabricadas na Califórnia, que são utilizadas no narguilé.


O empreendimento foi alguns dos que o cantor abriu após um período difícil na carreira e falir duas vezes depois de fazer sucesso com o “Os travessos”.
“Quebrei duas vezes na vida. Ao nível da minha sogra dar dinheiro para a gente comer, do (cantor) Thiaguinho pagar o aluguel da minha casa. Da polícia me parar e querer levar meu carro porque o documento estava ferrado”, contou ele, em entrevista ao Jota Podcast, antes de entrar no programa.
 “Vivia sem pensar no amanhã. Sempre fui louco de gastar muito. Sempre gostei de coisas caras. Não tinha dinheiro para comprar aquela coisa cara, mas comprava. Eu era louco de gastar. Trocava de carro toda semana. Só fui perceber quando o dinheiro acabou”, completou.
Rodriguinho tem uma dívida de R$ 83.807,93 referente a locação de um imóvel no bairro do Tatuapé, na capital paulista. Trata-se de pendências com aluguel, condomínio, seguro fiança, IPTU, gás, além de danos constatados no apartamento. Ele também acumula desde 2018 uma dívida de mais de R$ 50 mil de IPVA.

FONTE: EXTRA