96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
1 mês atrás - 24/09/2021

“Fez mal para ele”, diz filho de Arlindo Cruz sobre vício em cocaína

FOTO: Reprodução
FOTO: Reprodução

Pela primeira vez, o sambista Arlindinho, filho do cantor e compositor Arlindo Cruz, falou sobre o vício do pai em cocaína, durante entrevista ao jornalista Rica Perrone, no canal Cara a Tapa do YouTube. O artista, que teve um grave AVC em 2017, enfrenta graves sequelas e é cuidado em casa pela família.


Meu pai estava no melhor momento da vida. Estava me lançando, passando bastão, e queria que as pessoas me conhecessem como artista. Ele estava há alguns meses sem usar drogas. Ele nunca tinha falado disso porque queria esperar minha irmã crescer. Mas logo que contou, aconteceu tudo isso”, revelou o cantor.


Arlindinho continuou: “Sempre soube, me contou quando eu tinha 11 anos. Peguei aversão a drogas. Trato bem todo mundo, até quem usa. Mas não uso. Minha vibe é completamente outra. Um cara tão vencedor, inteligente, amigo, educado. Meu pai só fez mal para ele. Ele fez bem para todo mundo. Nunca tratou ninguém com indiferença.


O sambista contou também que, apesar do vício, o pai sempre se preocupou com o bem estar da família. “Ele já tinha se tratado algumas vezes, mas nunca tinha conseguido tanto tempo sem usar droga alguma. Meu pai, com todas as loucuras dele, ele teve pensamento com a família. Comprou imóveis, conseguiu minimamente manter a família dele digna”, disse.


Rica quis saber se Arlindo Cruz escuta e entende as pessoas. Arlindinho revelou que sim. “E como ele entende tudo o que está acontecendo, tem sensibilidade de ir e chorar, é um passo importante (na recuperação progressiva). Se ele estivesse em estado vegetativo, não teria mais jeito. Gravei um audiovisual em casa para ele participar, ouvir, ele ficou de fone o tempo todo. Quando tocávamos música dele, ele se emocionava. Fiz questão de gravar em casa para que o meu pai pudesse assistir, para ter a mão dele de alguma forma. Sempre sonhei em ter uma DVD e que o meu pai tivesse próximo, participando da forma que pudesse”, confessou o cantor.


 

FONTE: Leo Dias