96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
2 semanas atrás - 06/06/2024

Com salário de R$ 4,3 milhões, Paquetá pode ser banido do futebol após grave acusação envolvendo apostas: entenda a polêmica!

Imagem: West Ham / Divulgação
Imagem: West Ham / Divulgação

Lucas Paquetá está sendo investigado por um suposto envolvimento em um esquema de apostas esportivas. O meia do West Ham, clube da Inglaterra, teria forçado cartões amarelos como forma de privilegiar apostadores. Nesta semana, o jornal The Sun revelou que Federação Inglesa pode banir 'para sempre' Lucas Paquetá do futebol. Entenda a polêmica!


Investigação por cartões amarelos
Lucas Paquetá foi acusado de forçar cartões amarelos em 4 jogos diferentes do West Ham: 1) contra o Leicester City, em 12 de novembro de 2022; 2) contra o Aston Villa, em 12 de março de 2023; 3) contra o Leeds United, em 21 de maio de 2023; e 4) contra o Bournemouth, em 12 de agosto de 2023.


Segundo o jornal The Sun, as apostas foram feitas na Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro, local onde o jogador nasceu. A publicação afirma ainda que uma das apostas investigadas teve o valor de 7 libras (cerca de R$ 46). Além disso, documentos mostram que a empresa que alertou sobre o número 'incomum' de apostas foi a Betway, que é a atual patrocinadora do West Ham.


Banido para sempre?
O The Sun revelou que Lucas Paquetá pode ser banido 'para sempre' do futebol caso as acusações sejam comprovadas. Esse não é o primeiro caso de um jogador que sofre punição grave por esquemas de apostas. O zagueiro Kynan Isaac, do Stratford Town, chegou a ser punido por 10 anos longe do futebol por causa do seu envolvimento com apostas durante uma partida da Copa da Inglaterra em 2021.


O jornal afirma, porém, que a FA (Football Association, entidade que controla o futebol na Inglaterra) considera o caso de Paquetá mais grave. Por isso, sua punição seria maior. No total, as apostas totalizaram mais de R$ 600 mil de retorno. O salário de Lucas Paquetá é de R$ 4,3 milhões.


Até agora, Lucas Paquetá segue confirmado na seleção brasileira pela Copa América. "Nego as acusações na íntegra e lutarei com toda as minhas forças para limpar meu nome. Devido ao processo em andamento, não fornecerei mais comentários", afirmou o jogador.


Vale ressaltar que, caso Paquetá seja declarado culpado, será banido apenas da Inglaterra. Porém, a FA pode pedir a internacionalização do caso. Isso significa que essa punição pode ser ampliada para todos os países, gerando banimento total, inclusive no Brasil.
 

FONTE: Purepeople