96,5 MUTUM
AO VIVO
COMPARTILHE
COM OS AMIGOS!
3 semanas atrás - 31/08/2021

Após cinco meses sem realizar exame prático da categoria B, Ciretran retoma serviço e suspende outras demandas

FOTO: Só Notícias/Arquivo Pessoal
FOTO: Só Notícias/Arquivo Pessoal


Com o objetivo de reduzir a grande demanda dos condutores que aguardam pela conclusão da primeira habilitação, o 19º Ciretran de Sinop, está atuando nas últimas semana com foco principalmente em atender os exames práticos da categoria B, ou seja, de carro.


De acordo com o chefe do Ciretran em Sinop, Adilson Oliva, os trabalhos para a categoria de carro, estavam suspensos desde março deste ano, devido a pandemia do coronavírus, porém, recentemente o Detran Mato Grosso, autorizou a retomada total das atividades no município.


Depois que três servidores nossos foram imunizados com a dose única da vacina, esperamos uns 15 dias e o Detran, liberou para que pudéssemos atender. Começamos na segunda [16], nós estamos trabalhando com 50 testes por dia, que é uma orientação do Detran, para que não haja aglomeração, mas nós acreditamos que tenha entorno de 800 à mil candidatos aguardando esses testes. Fizemos então uma força tarefa, onde estamos fazendo somente os testes de categoria B.”, explicou.


Desta forma, os serviços da categoria A, que é para moto e a mudança de categoria, que estavam sendo feitos normalmente ficarão suspensos até o próximo dia 6 de setembro, até que o departamento de trânsito consiga regular os serviços em atraso.


Adilson, ainda reforça que o agendamento do exame prático para a primeira CNH, é feito pela autoescola.


O agendamento para fazer o teste, não é feito pelo Detran e nem pelo Ciretran, e sim pela autoescola pelo CFC. Então o candidato que está aguardando o teste pela categoria B, ele deve procurar a autoescola e o CFC, que assim que tiver a vaga no sistema do Detran, o CFC agenda ele e informa o dia e horário para que faça o teste e possa ter a CNH em mãos.”, contou.


Conforme já noticiamos, em Sinop, os exames práticos da categoria B, retornaram no último dia 16, respeitando as medidas de biossegurança contra a covid.

FONTE: Lívia Kriukas / Redação Meridional Notícias